Licensed Real Estate Agent

Thyago Raposo

6 coisas que você precisa saber antes de comprar um imóvel em NYC

junho 6, 2017

Conheça detalhes que fazem a diferença para se dar bem em um dos mercados imobiliários mais lucrativos e disputados do mundo

 

1- Quanto custa um imóvel em Nova York?

Em média, o metro quadrado em Manhattan vale U$1.500, preço semelhante ao praticado nos bairros nobres de São Paulo. Para studios e apartamentos de até dois quartos, a categoria que mais vende na cidade, os preços variam entre U$700 mil e U$2 milhões. Em regiões em desenvolvimento, como o Brooklyn, tem crescido o interesse de investidores em propriedades multi-family, com mais de uma unidade residencial no mesmo edíficil. Nesses bairros, é possível comprar pequenos prédios com três apartamentos por U$1,5 milhão que renderão cerca de 8% do investimento ao ano.

2 – O momento certo para comprar

Esse é um bom período para adquirir propriedades, pois a taxa de juros média da hipoteca ainda está em 4% depois da crise e em 2016 experimentamos quedas de preço muito significativas. Isso está fazendo de 2017 o ano do comprador, uma vez que o poder de negociação está em sua mão por conta dos preços baixos. Os vendedores, por sua vez, que antes ditavam as regras, agora estão mais cautelosos durante este processo. Mas é melhor correr porque esse cenário mudará em breve segundo especialistas no mercado local, como o site StreetEasy. Tanto é que já houve um pequeno aumento de preços no primeiro semestre de 2017.

3 – Considere as sazonalidades

O verão é conhecido como a shopping season, quando há muito interesse dos compradores e os preços tendem a apresentar leves altas. O nível de competição é grande nesse período do ano, mas ainda assim é possível encontrar bons negócios. Vale lembrar que o país passa por um momento de otimismo econômico e de aumento na demanda por imóveis, especialmente entre os compradores de primeira viagem (first time buyers). Isso gerou uma queda no inventário e, automaticamente, o aumento de preços citado acima.

4 – Alguns fatores aumentam o aluguel

Para escolher um imóvel com possibilidades de ser mais rentável, opte por características desejadas pelos locatários. Segundo o site The Real Deal, especializado no mercado imobiliário norte-americano, lavadora de roupas no apartamento e porteiro no prédio foram alguns dos fatores que mais impactaram o preço dos aluguéis nas regiões valorizadas da cidade.

5 – Escolha o bairro certo

Thyago Raposo, consultor imobiliário da Douglas Elliman e especialista no Mercado nova-iorquino, aconselha as famílias brasileiras que estão buscando residência na cidade a considerar imóveis que estão a 15-30 minutos de distância de Manhattan. Um exemplo é o Brooklyn, bairro com amplo acesso ao metrô e onde ainda é possível encontrar um preço por metro quadrado vantajoso. Essas vizinhanças contam com grandes supermercados, muitas opções de restaurantes, parques e uma rica vida noturna.

6 – Ajuda de especialistas faz a diferença

Entender as diferenças entre co-ops ou condos, custos de fechamento, burocracias, inspeção profissional e outros trâmites fazem com que o processo de venda demore geralmente entre 45 dias e 3 meses.

Com um consultor imobiliário experiente no mercado da cidade e vinculado à corretoras de tradição, é possível desfrutar da sua propriedade (ou lucrar com ela) por muitos anos sem surpresas desagradáveis.

Unfortunately, https://essayclick.net/ the tree of science has become infected
Autor

Thyago Raposo.

thyago.nunes@elliman.com

Brasileiro atuando há mais de 10 anos no mercado de Nova York, ajudo pessoas a realizarem seu sonho de morar e investir na mais fantástica cidade do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *