Licensed Real Estate Agent

Thyago Raposo

Quatro dicas para investir no exterior com segurança

junho 6, 2017

Conheça as estratégias para garantir a valorização do seu patrimônio em outros países e a sua tranquilidade em qualquer lugar

 

Proteger o seu patrimônio da desvalorização do real e das demais flutuações da economia brasileira é hoje praticamente uma questão de sobrevivência. E engana-se quem pensa que é difícil ou burocrático demais investir no exterior. Com cautela e orientação, é possível colher bons resultados com ativos fora do país. Veja algumas dicas:

Conheça a legislação

Primeiro, a brasileira. Quem investe mais de U$100 mil em aplicações ou bens precisa declarar a quantia ao Banco Central e à Receita Federal anualmente mesmo que não haja movimentações. Algumas nações têm acordos tributários com o Brasil que permitem, por exemplo, que o imposto de renda declarado no exterior seja compensado aqui, como os Estados Unidos. O tipo de visto escolhido também influencia no tamanho do investimento e nas vantagens tributárias.

Abrir uma offshore

Em alguns casos a carga tributária e as vantagens burocráticas são mais atraentes se o investimento é feito por uma pessoa jurídica e não física. Quanto maior o patrimônio, mais nítida é essa diferença, uma vez que os custos são diluídos nessa prática, que é legal desde que os bens e rendimentos vinculados a ela sejam declarados no imposto de renda brasileiro. Para administrar bens e minimizar riscos e imprevistos, duas modalidades de offshore são as mais indicadas: LLC (limited liability company), que não exige quadro de diretores e pode ser administrada diretamente pelo proprietário, e os trusts, que transferem a administração do imóvel para uma terceira parte e garante privacidade e benefícios tributários.

Escolha bem

Diversificar é importante, mas a variação cambial ainda influencia seus rendimentos no mercado de ação e em fundos de investimento. Compare seu perfil e expectativas às vantagens a longo, médio e curto prazo de cada ativo. Investimentos mais agressivos têm taxas de retorno mais altas, mas vale considerar outros tipos mais seguros, como os imóveis.

Conte com ajuda profissional

Independente do tipo de investimentos escolhido, busque profissionais que estejam vinculados a empresas de tradição no mercado local e que tenham boas referências para orientar as escolhas e tomar decisões em conjunto. Esse tipo de apoio é importante especialmente em mercados estrangeiros por vários motivos.

Autor

Thyago Raposo.

thyago.nunes@elliman.com

Brasileiro atuando há mais de 10 anos no mercado de Nova York, ajudo pessoas a realizarem seu sonho de morar e investir na mais fantástica cidade do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *