Curiosidades NY
Licensed Real Estate Agent

Thyago Raposo

Cinco fatos curiosos sobre o mercado imobiliário de Nova York

setembro 11, 2017
Curiosidades NY

Conheça detalhes interessantes da história da cidade mais disputada e lucrativa do mundo para quem investe em propriedades.

 

Em 1916, Nova York criou a primeira lei da América para arranha-céus

O belo skyline nova iorquino não se formou por acaso. Com o crescimento iminente de grandes prédios, a cidade foi a primeira a aprovar uma lei para controlar as construções. Com o aumento para cima, o espaço urbano horizontal foi privilegiado e o zoneamento já deveria considerar essas construções. O objetivo era evitar que a cidade “se transformasse em um cânion escuro e opaco de prédios altos”.

 

Em 2015, um comprador misterioso pagou mais de U$100 milhões em um apartamento

$100,471,452.77 foi o valor exato que uma pessoa desconhecida pagou por um duplex em Manhattan em 2015. A transação é a maior já registrada na cidade para compradores individuais. O imóvel fica no 89 e 90o andar do ONE57, um dos arranha-céus do “Billionaire’s Row”, conjunto de imponentes prédios ao sul do Central Park.

 

O mercado imobiliário resistiu melhor do que as ações à crise de 2009

Segundo o New York Daily News, entre 2007 e 2009 a queda nos valores das ações da Standard & Poor’s chegou a 50%. Já os preços dos imóveis caíram 25% e não só se recuperaram desde então como já estão bem superiores ao que eram em algumas regiões. Em 2016, o metro quadrado em Manhattan atingiu o maior patamar da história segundo a Douglas Elliman: U$1,645.

 

O proprietário precisa informar se a casa que pretende vender for assombrada

Acredite, em 1991, um homem processou o proprietário de uma casa pois descobriu depois de pagar U$32mil de entrada que ela era tinha fama de ser mal assombrada. Na ocasião, a Justiça determinou que os vendedores deveriam avisar os compradores caso seus imóveis fossem mal assombrados e o assunto até hoje é discutido com seriedade.

 

Foi no mercado imobiliário de NYC que Donald Trump fez sua fortuna

Essa não é exatamente novidade, mas vale relembrar. Nos anos 1920, Fred Trump, pai do hoje presidente dos Estados Unidos, começou a construir pequenas casas para famílias no Queens com 15 anos. Depois da Segunda Guerra Mundial, o portfólio dos Trump cresceu com apartamentos a preços acessíveis para veteranos. Quando o filho assumiu os negócios do pai em 1968, passou a investir pesado nos edifícios e assim o patrimônio da família passou de U$250 milhões para mais de U$4 bilhões em menos de quarenta anos.

The roots represent the scientific pop over to the web-site knowledge we have to date
COMPARTILHAR!
Autor

Thyago Raposo.

thyago.nunes@elliman.com

Brasileiro atuando há mais de 10 anos no mercado de Nova York, ajudo pessoas a realizarem seu sonho de morar e investir na mais fantástica cidade do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *