Red Hook
Licensed Real Estate Agent

Thyago Raposo

Red Hook, no Brooklyn – Um passeio que vale a pena fazer.

Red Hook, Brooklyn, NY

Red Hook

Um bairro degradado e em decadência, mas com uma comunidade animada e com vontade de mudar. Foi assim que Red Hook, no Brooklyn, renasceu e hoje é um lugar charmoso, cheio de bons lugares para comer e passear, além de ter uma das melhores vistas da cidade.

Localizado ao sudoeste do bairro Carroll Gardens, Red Hook continua a ser um bairro um tanto isolado por conta da falta de estações de metrô próximas – para chegar lá, é preciso uma longa viagem de metrô e mais um bom trecho de ônibus. Isso acaba dando à região esse ar de “exclusividade”, digamos assim.

Red Hook não é das áreas mais exploradas pelos turistas – o que é uma pena, pois há várias coisas legais para se fazer por lá. O bairro abriga muitos negócios artesanais e fábricas pequenas e foi drasticamente atingido pelo furacão Sandy. Para quem nunca ouviu falar do bairro, é lá que fica localizada a Ikea, rede sueca de lojas de móveis, famosa pelos preços baixos.

Suas ruas calmas com paralelepípedos fazem você se sentir numa cidadezinha do interior. Rica em gastronomia, a área conta com restaurantes e fábricas perfeitos para um dia de degustação de muitas delícias.

Como chegar
Por conta da falta de estações próximas de metrô, o meio mais prático e rápido de chegar a Red Hook é usando o Water Taxi. O barco sai do Pier 11 e o ticket custa U$5. A melhor notícia é que aos sábados e domingos o barco é gratuito. São cerca de 16 minutos de viagem até Red Hook – primeiro, o Water Taxi para na Ikea, depois, segue para o Red Hook Dock, na Van Brunt Street.

O que fazer
The Red Hook Winery é uma vinícola que fica em Red Hook. Localizada às margens do rio, seu foco é na viticultura do estado de Nova York. Ou seja, as uvas usadas para a produção dos vinhos são todas de origem do próprio estado, de 15 diferentes produtores das regiões de North Fork, Long Island e Finger Lake. A The Red Hook Winery também oferece tours gratuitos todos os sábados e domingos, às 13 horas – válido para quem consumir algo por lá.

Já o Hometown Bar-B-Que é considerado um dos melhores lugares para comer um autêntico barbucue (churrasco americano) em Nova York. O Hometown Bar-B-Que abriu em 2013 e é especializado em carnes defumadas, preparadas com uma técnica comum do sul dos EUA. Ou seja, no melhor estilo texano. As carnes incluem cordeiro, porco, peru e frango. Sem dúvidas, um dos best-sellers do local e melhor pedida é a costela.